Bio Cursos

| 22/05/2018

Musa do bumbá vermelho de Parintins revela cuidados com a saúde e a mente para o Festival Folclórico

Gomos de Laranja
Musa do bumbá vermelho de Parintins revela cuidados com a saúde e a mente para o Festival Folclórico

A cunhã-poranga do boi Garantido, Isabelle Nogueira, possui uma rotina agitada de viagens e ensaios, e quando se aproxima a época do Festival Folclórico os cuidados com a saúde física e mental são essenciais para uma boa apresentação. A cunhã revela que para ter disposição durante todo o Festival o preparo começa bem antes, ela conta que encontrou na Medicina Tradicional Chinesa uma forma de cuidar da saúde e também de relaxar.

"Já faço a Acupuntura há 4 meses. Não faço direto por conta de eu viajar bastante, mas quando estou em Manaus, procuro fazer pelo menos duas vezes na semana. Também faço Mochaterapia, que eu amo demais. Mas é incrível, é relaxante, têm me ajudado muito na época do Festival para me aliviar da ansiedade e para não me estressar tanto. E isso tem refletido diretamente na minha saúde mental, emocional, e física. É muito bom mesmo!", comenta satisfeita.

Isabelle Nogueira conta que procurou a Medicina Tradicional Chinesa, também conhecida por Terapias Alternativas, para tratar de dores que sentia no ciático e também sua ansiedade. "Por conta da dor no ciático, eu sentia muitas dores nas costas.Tratamos com manobras e Acupuntura, mas também para tratar minha ansiedade, que também me ajudou bastante. Na época do festival eu não dormia, e agora com a Acupuntura, eu durmo que é uma beleza. Também utilizei a Medicina Chinesa para tratar minha alergia, pois tenho alergia a pelo. Uma coisa foi em encontro da outra, nossa é muito bom, recomento a todos essas técnicas", afirma.

O especialista em Medicina Tradicional Chinesa, Luiz Felipe Ribas, é quem trata a Cunhã Isabelle, ele comenta que a Acupuntura, assim como outras práticas da Medicina Tradicional Chinesa, possui inúmeros benefícios não somente para quem dança, mas também para outras práticas corporais. "A Acupuntura é comprovadamente uma terapia muito eficiente no tratamento da dor, desconforto musculares e articulares, assim como questões relacionadas a esta ou aquela determinada modalidade", explica.

Luiz Felipe Ribas relaciona as dores de quadril que Isabelle sentia devido aos treinos de musculação e ensaios da dança, e as dores ciáticas por desequilíbrios posturais. Ele conta que o tratamento feito com Acupuntura e outras técnicas chinesas geraram um equilíbrio e um grande alívio já no primeiro atendimento no paciente.
O especialista também ressalta que o tratamento requer uma regularidade para obter resultados e que deve-se observar o quadro clínico atentando para o processo de como a Acupuntura atua no corpo da paciente e no seu padrão de pensamento e sentimento, assim como o realizado em Isabelle Nogueira, cada paciente vai ter um tempo de resposta diferente do outro.

"Lembrando que assim como o treinamento físico e até mesmo a dieta, a Acupuntura assim como qualquer prática, necessita de uma regularidade e de uma progressão do tratamento.Com relação a frequência e duração dos atendimentos, depende muito do quadro do paciente, assim como sua disponibilidade e compromisso com o tratamento", finaliza.

Por
Paloma Nascimento
Assessoria de Comunicação Bio Cursos





Nossos Parceiros

logo_HTM